fbpx

Aumento na venda de carros híbridos e elétricos supera as expectativas no Brasil

Saiba o principal motivo do aumento na venda de carros híbridos e elétricos supera as expectativas no Brasil.

Aumento na venda de carros híbridos e elétricos supera as expectativas no Brasil

Recorde em vendas de carros híbridos e elétricos

Não é novidade para ninguém que cada vez mais os carros eletrificados, tanto híbridos como elétricos, ganham as ruas cada vez mais. Talvez você não saiba, mas esse é o mercado de carro que atualmente mais cresce no Brasil.

Segundo a Associação Brasileira de Veículo Elétrico (ABVE) a venda de carros elétricos no primeiro semestre de 2022 foi de 115% maior que no mesmo período no ano passado. Nos três primeiros meses de 2021 foram vendidos 4.582 unidades de veículos eletrificados, entre estes, 100% elétricos, híbridos e híbridos plug-in. Já no primeiro semestre de 2022, foram comercializados 9.844 carros desta categoria.

Só para ter uma ideia da quantidade de vendas mensais que estes carros estão tendo neste ano, no mês de Março foi emplacado 3.435 carros eletrificados, número 147% maior que o mesmo mês no ano anterior.

É muito interessante ver que as vendas destes veículos só sobem, pois vai na contramão dos tradicionais carros a combustão, que vem sua quantidade de vendas 25% menor que no ano passado. Será que a população já está se conscientizando quanto ao meio ambiente? Ou será que isto é reflexo do alto aumento dos preços nas bombas de combustíveis?

Talvez a resposta seja mais que uma, não temos como saber, mas o fato é que para muitos, o futuro de não ter que ir em postos de combustível para abastecer seus carros já é o presente.

”O consumidor brasileiro já dá preferência aos veículos de baixa emissão de poluentes. Os números são claros: nos dois anos de pandemia, os eletrificados cresceram exponencialmente, enquanto o mercado de veículos a combustão regrediu”, afirmou o presidente da ABVE, Adalberto Maluf.

No ano de 2020 os carros eletrificados ainda eram uma grande incógnita para os brasileiros, até então era comum ouvir falar: “É carro para pessoas ricas”, “Já já a moda passa” ou “O Brasil não tem infraestrutura para isso”. As objeções eram várias, e realmente muita coisa mudou nestes dois anos, foi um grande avanço tecnológico.

O avanço foi tão grande que em 2020 cerca de menos de 1% de toda a frota de carros do Brasil era composta por carros eletrificados. Hoje, em 2022, os carros híbridos e elétricos já somam 86.986 carros rodando no país, cerca de 2,6% de toda a frota. O número pode ser pequeno, mas quando olhamos o alto crescimento, em um curto espaço de tempo, vemos que o avanço foi realmente grande.

Com este alto avanço nas vendas destes carros, especialistas estimam que ainda no final do primeiro semestre de 2022 vão conseguir atingir sua grande meta, que são de 100 mil carros híbridos e elétricos rodando em todo o país.

O presidente da Associação de Carros Elétricos (ABVE), Adalberto Maluf, explica que o aumento dos combustíveis é um dos fatores que geram uma maior procura pelos veículos elétricos e híbridos no Brasil.

Acontece que o número de vendas já mencionado representa apenas 2,8% do total de vendas domésticas de carros e comerciais leves do país que, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) foi de 120.192 unidades. Isto quer dizer que o setor de eletrificados vem conquistando aos poucos o mercado doméstico, mas por enquanto resta muito por fazer.

Carros híbridos e elétricos mais vendidos

Uma das montadoras pioneiras em carros híbridos no Brasil ainda sai na frente em número de vendas, a Toyota lidera o ranking de vendas de carros híbridos com seus modelos Corolla e Corolla Cross, que atualmente representam mais da metade dos carros híbridos vendidos no Brasil.

Já para carros elétricos, quem sai na frente é a Volvo, com seu modelo XC40 Recharge 100% elétrico, representando mais de um terço das vendas dos carros elétricos no país. A montadora sueca diz que se juntar todos seus carros híbridos e elétricos vendidos no primeiro semestre de 2022, isso representa mais de 40% de vendas dos carros eletrificados.

”Hoje nossa oferta no Brasil é somente de veículos eletrificados e agora, com o lançamento do nosso segundo modelo 100% elétrico, o C40, iremos intensificar ainda mais as vendas neste segmento”, comentou João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo Car Brasil.

A Volvo é uma das montadoras que mais se empenha em avançar com a eletrificação dos carros, como, descontinuando a produção de alguns veículos a combustão de sua linha, criando novos modelos de carros elétricos, como o recente C40.

E até mesmo um grande passo que é “barateando” seus carros elétricos, mais recentemente, no início de Maio a montadora sueca anunciou que o seu veículo elétrico mais comercializado, o XC40, que possui dois motores elétricos, agora contará com uma versão mais em conta com apenas um motor elétrico.

Fazendo com que o carro fique até R$100.000,00 mais barato. Apelidado de XC40 Recharge 100% elétrico Single Motor, pode ser adquirido por R$309.950,00.

Saiba quais são os melhores carros híbridos para comprar em 2022, clique aqui.

Veja abaixo o gráfico que montamos para representar a venda de automóveis eletrificados no primeiro semestre de 2022.

Aumento na venda de carros híbridos e elétricos supera as expectativas no Brasil

HEV (híbrido total)

PHEV (híbridos plug-in)

BEV (100% elétricos)

Cotação Seguro Automóvel

Gostou do artigo Aumento na venda de carros híbridos e elétricos supera as expectativas no Brasil Compartilhe…

Continue lendo: Outros artigos relacionados

O que é a Cobertura Colisão?

Conheça o que é a cobertura de colisão para veículos dentro do seguro automóvel. Uma das coberturas mais importantes a ser contratada.
Leia mais

8 motivos para contratar seu seguro com a Neon Seguros

8 motivos para contratar seu seguro com a Neon Seguros Veja os principais motivos do porque contratar um seguro com...
Leia mais

O que é um Sinistro Automóvel?

Saiba o que é um sinistro automóvel, todas as dúvidas, descritas passo a passo. De como proceder? Com quem falar? Essas e outras dúvidas.
Leia mais